FAO aconselha países


Postado em: 21/11/2016


Para conseguirem enfrentar a subida de preços na próxima década.

O aviso é claro: a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO) aconselha os países a fazerem reservas nacionais de alimentos básicos, de modo a conseguirem enfrentar os altos preços agrícolas na próxima década.

Para garantir a segurança alimentar e enfrentar o aumento dos preços, cada país deveria constituir reservas que cubram as suas necessidades entre uma semana a um mês - afirmou o diretor-geral da FAO, José Graziano da Silva, numa entrevista ao jornal Le Monde, que foi publicada esta segunda-feira.

Apesar do contexto difícil, Graziano da Silva considerou que a situação atual é totalmente diferente do que aconteceu em 2007-08, quando surgiram conflitos provocados pela fome em vários países.

Entre os fatores essenciais para a estabilidade, o diretor da organização apontou a estabilidade do arroz e a importância dos stocks.

Dois terços das pessoas que a FAO considera encontrarem-se em situação de insegurança alimentar vivem na Ásia e dependem do arroz para a sua alimentação - precisou, segundo a Lusa.

Perante os elevados preços que atingiram produtos como o trigo e o milho, Graziano da Silva pediu «mais flexibilidade» e que deixe de se utilizar o milho e as oleaginosas para produzir biocombustíveis.

Questionado sobre se devem acabar os incentivos aos biocombustíveis, considerou que não por que farão falta no futuro, quando se desenvolverem os de segunda e terceira geração, produtos que não usam cereais e não competem com os cultivos destinados à alimentação.

O responsável elogiou ainda a iniciativa sul-coreana de criar um imposto para as transações de futuros e de produtos derivados a fim de lutar contra a especulação de curto prazo, com venda de contratos que foram comprados no mesmo dia.

Esse é o tipo de especulação que devemos evitar em períodos como o atual. O objetivo não é intervir nos mercados, mas impor uma certa disciplina aos comportamentos especulativos.

O diretor-geral da FAO assinalou também que a coordenação internacional melhorou sensivelmente, sobretudo graças ao Sistema de Informação sobre os Mercados Agrícolas (SIMA) criado pelo G20, sob presidência francesa, que deve permitir evitar os movimentos de pânico e as decisões unilaterais.

Últimas Adicionadas


FEIJÃO NO BRASIL

O Brasil é o maior produtor mundial de feijão com produção média anual de 3,5 milhões de toneladas.

5 Benefícios da Farinha de Mandioca

A mandioca é um rizoma de amido que é principalmente cultivada nos climas quentes da África, Ásia e América do Sul.

O FEIJÃO

O feijão é um excelente alimento, muito rico nutricionalmente.

CULTIVO DO ARROZ

O Brasil é o nono produtor mundial, o arroz é cultivado em todas as regiões, sob diversos ecossistemas, tanto em terras altas como em várzeas.

CULTIVO DO FEIJOEIRO

Cultivado por pequenos e grandes produtores, em diversificados sistemas de produção e em todas as regiões brasileiras

O ARROZ

De uma maneira mais abrangente, são considerados dois grandes ecossistemas para a cultura, que são o de várzeas e de terras altas, englobando todos os sistemas de cultivo de arroz no país.

HISTÓRIA DO FEIJÃO

Os feijões estão entre os alimentos mais antigos, remontando aos primeiros registros da história da humanidade

HISTÓRIA DO ARROZ

Diversos historiadores e cientistas apontam o sudeste da Ásia como o local de origem do arroz

ORIGEM DO FEIJÃO

Existem diversas hipóteses para explicar a origem e domesticação do feijoeiro. Tipos selvagens, similares a variedades criolas simpátricas, encontrados no México

CULTIVO DO ARROZ

O arroz é considerado pela Organização Mundial de Alimentação e Agricultura (FAO) como um dos alimentos mais importantes para a nutrição humana

MILHO CHEGOU AO BRASIL

Ninguém duvida de que o milho cultivado hoje virou planta doméstica em algum lugar do México.

FEIJÃO NO BRASIL

O feijão-comum (Phaeseolus vulgaris L.) destaca-se nos hábitos alimentares nacionais

FEIJÃO NO BRASIL

O Brasil é o maior produtor mundial de feijão com produção média anual de 3,5 milhões de toneladas.

5 Benefícios da Farinha de Mandioca

A mandioca é um rizoma de amido que é principalmente cultivada nos climas quentes da África, Ásia e América do Sul.

O FEIJÃO

O feijão é um excelente alimento, muito rico nutricionalmente.

CULTIVO DO ARROZ

O Brasil é o nono produtor mundial, o arroz é cultivado em todas as regiões, sob diversos ecossistemas, tanto em terras altas como em várzeas.

CULTIVO DO FEIJOEIRO

Cultivado por pequenos e grandes produtores, em diversificados sistemas de produção e em todas as regiões brasileiras

O ARROZ

De uma maneira mais abrangente, são considerados dois grandes ecossistemas para a cultura, que são o de várzeas e de terras altas, englobando todos os sistemas de cultivo de arroz no país.

HISTÓRIA DO FEIJÃO

Os feijões estão entre os alimentos mais antigos, remontando aos primeiros registros da história da humanidade

HISTÓRIA DO ARROZ

Diversos historiadores e cientistas apontam o sudeste da Ásia como o local de origem do arroz

ORIGEM DO FEIJÃO

Existem diversas hipóteses para explicar a origem e domesticação do feijoeiro. Tipos selvagens, similares a variedades criolas simpátricas, encontrados no México

CULTIVO DO ARROZ

O arroz é considerado pela Organização Mundial de Alimentação e Agricultura (FAO) como um dos alimentos mais importantes para a nutrição humana

MILHO CHEGOU AO BRASIL

Ninguém duvida de que o milho cultivado hoje virou planta doméstica em algum lugar do México.

FEIJÃO NO BRASIL

O feijão-comum (Phaeseolus vulgaris L.) destaca-se nos hábitos alimentares nacionais

FEIJÃO NO BRASIL

O Brasil é o maior produtor mundial de feijão com produção média anual de 3,5 milhões de toneladas.

5 Benefícios da Farinha de Mandioca

A mandioca é um rizoma de amido que é principalmente cultivada nos climas quentes da África, Ásia e América do Sul.

O FEIJÃO

O feijão é um excelente alimento, muito rico nutricionalmente.

CULTIVO DO ARROZ

O Brasil é o nono produtor mundial, o arroz é cultivado em todas as regiões, sob diversos ecossistemas, tanto em terras altas como em várzeas.

CULTIVO DO FEIJOEIRO

Cultivado por pequenos e grandes produtores, em diversificados sistemas de produção e em todas as regiões brasileiras

O ARROZ

De uma maneira mais abrangente, são considerados dois grandes ecossistemas para a cultura, que são o de várzeas e de terras altas, englobando todos os sistemas de cultivo de arroz no país.

HISTÓRIA DO FEIJÃO

Os feijões estão entre os alimentos mais antigos, remontando aos primeiros registros da história da humanidade

HISTÓRIA DO ARROZ

Diversos historiadores e cientistas apontam o sudeste da Ásia como o local de origem do arroz

ORIGEM DO FEIJÃO

Existem diversas hipóteses para explicar a origem e domesticação do feijoeiro. Tipos selvagens, similares a variedades criolas simpátricas, encontrados no México

CULTIVO DO ARROZ

O arroz é considerado pela Organização Mundial de Alimentação e Agricultura (FAO) como um dos alimentos mais importantes para a nutrição humana

MILHO CHEGOU AO BRASIL

Ninguém duvida de que o milho cultivado hoje virou planta doméstica em algum lugar do México.

FEIJÃO NO BRASIL

O feijão-comum (Phaeseolus vulgaris L.) destaca-se nos hábitos alimentares nacionais

© - 2018 - Cerealista Tio Jand
Todos os direitos reservados.